BIOMASUD Plus

Projeto Biomasud Plus:Desenvolvimento do mercado sustentável de biocombustíveis sólidos para o setor residencialno mediterrâneo.

Este projecto, em que o CBE participa, é financiado pelo programa europeu Horizonte 2020, sendo coordenado pela AVEBIOM (Espanha), e onde participam outras dez entidades representantes dos seguintes países: Espanha, Portugal, Itália, Áustria, Croácia, Turquia, Grécia e Eslovénia.

 

O objetivo geral deste projeto é desenvolver soluções integradas para promover o mercado sustentável de biocombustíveis sólidos para aquecimento residencial no mediterrâneo.

Através de:

 Desenvolvimento e extensão dum sistema de certificação de qualidade e sustentabilidade.

Avaliação das barreiras existentes e identificação de soluções, particularmente nos sistemas de controle de sustentabilidade e qualidade.

› Desenvolvimento de ferramentas e de bases de dados com informações sobre os recursos de biomassa sustentável, de forma a ter uma visão global e identificar as cadeias de fornecimento de biocombustíveis sólidos sustentáveis.

Objetivos específicos:

› Alargar o sistema de certificação BIOmasud a todos os países mediterrânicos participantes.

› Estender o sistema de certificação BIOmasud de qualidade e sustentabilidade aos biocombustíveis mais importantes e amplamente utilizados no setor residencial.

› Melhorar os requisitos de sustentabilidade BIOMASUD®.

› Avaliar a qualidade dos mais importantes biocombustíveis sólidos presentes atualmente nos mercados dos países do mediterrâneo.

› Caracterizar as emissões e eficiências das caldeiras e salamandras a biomassa comercializadas.

› Avaliar o estado actual do mercado de biocombustíveis sólidos para o setor residencial nos países do mediterrâneo.

› Ampliar o sistema de informação sobre os recursos de biomassa BIORAISE GIS para todos os países do mediterrâneo participantes.

› Promover a utilização de condições sustentáveis de produção e uso de biocombustíveis através duma adequada divulgação.

 

http://biomasudplus.eu/pt_PT/

 

Este projecto recebeu financiamento do programa de investigação e inovação Horizonte 2020 da União Europeia no âmbito contrato n.º691763